Técnico de Gestão de Equipamentos Informáticos

Saída Profissional: Técnico de Gestão de Equipamentos Informáticos
Família Profissional: Informática
Área de Educação e Formação: 481 – Ciências Informáticas

 

 

Plano Curricular e Elenco Modular (1º ano)

 

Plano Curricular e Elenco Modular (2ºano)

 

 

Perfil de desempenho à saída do curso

O Técnico de Gestão de Equipamentos Informáticos é o profissional qualificado apto a instalar equipamentos e redes, bem como a fazer a sua manutenção e administração. Este profissional tem competências para realizar actividades de concepção, especificação, projecto, implementação, avaliação, suporte e manutenção de sistemas e de tecnologias de processamento e transmissão de dados e informações.


As actividades principais desempenhadas por este técnico são:

  • Montar, instalar e utilizar sistemas informáticos;
  • Planear e propor soluções informáticas;
  • Fazer o diagnóstico e a correcção de falhas no funcionamento de sistemas informáticos;
  • Identificar e compreender o funcionamento e a relação entre os componentes dos computadores e os seus periféricos;
  • Instalar e configurar computadores, isolados ou em rede, dispositivos, periféricos e programas informáticos;
  • Utilizar aplicativos e utilitários informáticos;
  • Seleccionar e instalar programas de aplicação a partir da avaliação das necessidades do utilizador;
  • Planificar, executar e actualizar páginas interactivas para a Internet;
  • Instalar, configurar e administrar sistemas operativos de rede e aplicações (clientes e servidoras) de comunicação de dados (e-mail, Internet, ftp, etc....);
  • Instalar, configurar e promover soluções de segurança informática (anti-vírus, firewall, backup, etc....);
  • Desenhar circuitos electrónicos e conceber a montagem de circuitos impressos;
  • Dominar as técnicas de soldadura de componentes electrónicos;
  • Conceber algoritmos em linguagens com intervenção directa sobre hardware e/ou comunicação de dados;
  • Efectuar manutenção preventiva em sistemas informáticos instalados;
  • Executar acções de formação e de apoio técnico, bem como apoio pós-venda a clientes;
  • Posicionar-se criticamente frente às inovações tecnológicas na área de informática.